Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Carpegiani e Pachequinho trabalharão juntos na partida contra a Ponte Preta. (Osmar Antônio/Banda B)

Carpegiani e Pachequinho trabalharão juntos na partida contra a Ponte Preta. (Osmar Antônio/Banda B)

Paulo César Carpegiani foi apresentado como novo técnico do Coritiba com a missão de tirar o clube da zona de rebaixamento. O treinador de 67 anos terá contrato somente até o final do Campeonato Brasileiro e confirmou que estará junto com Pachequinho, agora auxiliar, no banco de reservas já na partida contra a Ponte Preta, no próximo domingo (07).

Carpegiani tem contrato até o final do ano. (Osmar Antônio/Banda B)

Carpegiani tem contrato até o final do ano. (Osmar Antônio/Banda B)

Carpegiani estava sem clube desde 2013, quando treinou a Ponte Preta, e contou que participou de cursos e palestras durante o período inativo para aprimorar seu trabalho. “Participei de vários cursos, eu fazendo as palestras, mas o futebol não modifica muito”, comentou.

Com o Alviverde na zona de rebaixamento, o novo treinador terá o trabalho de melhorar o rendimento do time e espera contar com o apoio da torcida nessa caminhada. “Vamos recuperar algumas coisas que no futebol permite isso. Queremos ter organização na marcação e fatalmente vamos trabalhar nisso. Sou muito perfeccionista e é um defeito que ninguém tira de mim. Contamos com apoio da nossa torcida para essa campanha de recuperação”, disse.

“Quero passar ao torcedor do Coritiba uma equipe aguerrida, organizada e que vai se impor dentro de campo. Nossa condição é o dia a dia e tentar buscar juntamente com a torcida os bons resultados”, complementou o comandante.

Mesmo sem tempo de treinamento, Carpegiani comandará o Alviverde na última partida do primeiro turno juntamente com Pachequinho e confirmou que realizará mudanças. “Estamos modificando poucas coisas do que eu acho necessário, conversei cm o Pacheco e o consenso prevaleceu. Vai ter alguma modificação, mas será um time forte”, declarou.