Divulgação/Coritiba
Mesmo não sendo titular absoluto, Jeci já marcou dois gols pelo Coritiba no Brasileirão 2011

O elenco do Coritiba tem comemorado a passagem do tempo em grande estilo. Na mesma noite que o goleiro Edson Bastos completou 200 jogos na meta coxa-branca, o zagueiro e capitão do time Jeci, atingiu a marca de 150 partidas pelo Alviverde. Titular desde que Pereira se lesionou, Jeci atuou contra o Santos e marcou o primeiro gol do time na Vila Belmiro.

“Foi uma noite perfeita. Deus me abençoou, em um dia que pra mim era histórico também”, avaliou Jeci. “”Primeiro por ser um adversário difícil, fora de casa com suas estrelas e também por ter feito o primeiro gol do Coxa no jogo”, analisou o jogador que antes da partida já previa que o conjunto de Marcelo Oliveira poderia surpreender o badalado Santos em casa.

Embora a relação de Jeci com a torcida tenha estremecido um pouco quando o zagueiro deixou o clube para defender o Palmeiras, o passado não importa mais. Pelo menos para o atleta que agora se sente feliz em defender o time do Alto da Glória. “Ninguém chega por acaso a uma marca dessa. E eu sou muito feliz aqui”, conta. “O Coritiba é o clube que me identifiquei, que eu tenho muito carinho, e eu não escondo de ninguém que eu também sou um torcedor coxa-branca”.

Jeci que já jogou nove partidas com o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro de 2011 sabe bem a pressão que o time enfrentou para voltar à elite do futebol. “Ano passado foi cheio de pressão e cobrança por tudo que estávamos vivendo. É lógico que jogar em um clube grande como o Coritiba sempre existe pressão, mas falo no sentido de que nesse ano as coisas estavam mais tranquilas em relação ao clube”, revelou o zagueiro, que já marcou dois gols pelo Coritiba no Brasileirão.