Divulgação/Coritiba
Entre entrega de prêmio e lançamento de produtos comemorativos, Coriitba conhece seu primeiro, e possivelmente único, candidato a presidente

O jantar de comemoração aos 102 anos do Coritiba, realizado nesta segunda-feira (17), foi de múltiplos anúncios para o clube. Além de celebrar o recorde de maior série de vitórias consecutivas do mundo e ter o prêmio entregue direto das mãos do auditor do Guiness Book, Ralph Hannah, o Coxa lançou a terceira camisa que, comemorativa, faz alusão ao título confirmado pelo livro dos recordes.

Entretanto, o ponto da alto do jantar que reuniu cerca de 1.500 pessoas foi o anúncio oficial da candidatura do atual vice-presidente Vilson Ribeiro de Andrade à presidência do Alviverde. Principal nome da recuperação do Coxa desde a trágica queda à Série B, o dirigente fez um discurso inflamado e foi muito aplaudido pelos torcedores presentes no evento.

Ainda sem revelar os outros quatro componentes da chapa, já fechada, Andrade afirmou que só deve anunciar os nomes após informar o Conselho Deliberativo do Coritiba. O prazo para inscrição de chapas vai até o dia 10 de novembro. “Foi um consenso do grupo gestor, mas além disso os associados foram ouvidos e manifestaram interesse na continuidade do projeto”, contou Andrade à Banda B. “O consenso é em nome do projeto porque insitutição é mais importante que as pessoas. Estou muito feliz pela escolha do meu nome”, apontou.

Coxa-branca assumido, o possível novo mandatário do clube do coração reconhece o desafio que está prestes a enfrentar. “É um desafio na vida da gente. Eu sempre tive uma carreira de sucesso e o Coriitba é o ápice desse objetivo que eu tenho na minha vida”, assumiu.Como projetos, Andrade aponta a manutenção das obras no novo centro de treinamentos do clube, grande marco na gestão atual do Coritiba.

Mas quando o assunto é a possibilidade de negociação de um novo estádio, o dirigente mantém a cautela. “Eu não posso prometer isso. O que temos em mente agora é visualizar o novo CT e lotar o Couto Pereira das melhores condições. Novo estádio se surgir oportundiade, a gente pode até avaliar, mas nesse momento não é prioridade”, finalizou.