Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Coritiba busca segunda vitória na temporada contra o Foz. (Osmar Antônio/Banda B)

Desde que começou a temporada, o Coritiba vem enfrentando uma ‘maratona’ de jogos e encerra a sequência de cinco jogos em duas semanas neste sábado (11) contra o Foz do Iguaçu, às 17h, no estádio Couto Pereira. O Coxa é o atual quinto colocado, com uma vitória, um empate e uma derrota.

Para a partida, o técnico Paulo César Carpegiani não contará com o volante Alan Santos, com dores na região posterior da coxa esquerda. Já o atacante Rildo foi poupado pelo desgaste físico e é outro jogador que não entrará em campo. No meio-campo, Edinho será o titular, mas Carpegiani ainda tem dúvida em relação aos companheiros de Kleber no ataque.

Ainda existe a possibilidade do treinador mais jogadores, mas o zagueiro Walisson Maia admitiu que quer jogar neste sábado. “Eu não sei o que a comissão técnica vai fazer, mas eu não quero ser poupado. Eu já fui poupado bastante desde que estou aqui”, afirmou.

Já o zagueiro e lateral-direito Werley admitiu que o elenco sofreu com a longa viagem para Vitória da Conquista, mas espera sair de campo com os três pontos. “Temos que fechar bem essa sequência porque semana que vem temos uma semana cheia para nos recuperar. O time vem evoluindo desde o primeiro jogo e esperamos ganhar para ter tranquilidade para o clássico”, disse.

Foz do Iguaçu ainda não venceu no estadual

O Foz do Iguaçu não teve o início desejado de estadual e é o lanterna da competição com apenas um ponto em três rodadas. A partida deste sábado marca o início de uma dura sequência com dois jogos seguidos e mais uma partida contra o Atlético dentro de casa.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X FOZ DO IGUAÇU

Local: Estádio Couto Pereira, Curitiba (PR).
Data: 11 de fevereiro de 2017.
Horário: 17h.
Árbitro: Fábio Marcos Zoccante (PR).
Auxiliares: Márcio Lopes Guerra (PR) e Euclides Lucas José Garcia (PR).

Coritiba: Wilson; Werley, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; Edinho, Matheus Galdezani e Ruy; Filigrana, Henrique Almeida (Neto Berola) e Kleber.
Técnico: Paulo César Carpegiani.

Foz do Iguaçu: Juninho; Lucas, Leandro Guédes, Barreto e Laécio Negreiros; Felipe Hereda, Roberto, Bruno Flores e Mateus Olavo; Júnior César e João Guilherme.
Técnico: Allan Aal.