Eduardo Baptista assumiu o comando do Coritiba. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O Coritiba pode ter novidades em seu elenco nas próximas semanas. Logo em sua chegada, o técnico Eduardo Baptista não descartou a contratação de novos jogadores, mas ressaltou que observará o atual grupo antes de qualquer definição sobre o assunto.

“A gente optou de nesse primeiro momento observar esses atletas. Temos quatro, cinco atletas que foram contratados recentemente. Estamos atentos ao mercado, temos uma gama grande de jogadores no banco de dados. O jogador que poderá ser contratado será pontual. Por isso que precisa ter tranquilidade e não errar caso precise de contratação”, declarou Baptista.

Já o presidente Samir Namur revelou que o Coritiba tem o limite de 36 nomes no grupo e não irá ultrapassar. Segundo o presidente, o atual elenco tem 34 atletas e espaço para mais duas contratações. Caso o novo treinador veja necessidade em mais reforços, outros jogadores deixarão o clube. “Não tem número de reforços, mas o suficiente para suprir as nossas carências. Ninguém dentro do Coritiba tem carta branca para trazer reforços. Essa é uma análise conjunta entre diretoria, departamento futebol e comissão técnica”, disse.

“Tudo respeitando a nossa diretriz de 36 atletas no elenco. Estamos com 34 atletas no grupo principal e estamos com essa margem de mais dois. Esse número não será ultrapassado e caso contratemos mais de dois jogadores, outros atletas serão emprestados”, acrescentou Namur.

Depois do estadual, o Coritiba já contratou seis jogadores para a Série B: o lateral-direito Carlos César, o lateral-esquerdo Abner, o volante Vinícius Kiss, os meias Jean Carlos e Chiquinho e o atacante Bruno Moraes. Apenas Carlos César ainda não estreou.