Por Esporte Banda B

Dirceu Krüger (esq.) e Carpegiani (dir.) estão entre os treinadores que estiveram por mais jogos no comando do clube (Divulgação/Coritiba)

No dia em que completa 68 anos, nesta terça-feira (7), o técnico Paulo César Carpegiani comemora um marco histórico que será alcançado na quarta-feira (8), diante do Vitória da Conquista, na Bahia, pela Copa do Brasil. Em sua 124ª partida no comando do Coritiba, ele se tornará o quinto treinador com mais jogos pelo clube, atrás de Felix Magno, Dirceu Krüger, Marcelo Oliveira e Tim.

Em sua terceira passagem pelo Coxa, Carpegiani ultrapassou o técnico Marquinhos Santos (120 jogos) recentemente e igualou a marca de Paulo Bonamigo (123 jogos), no último domingo (5), no clássico contra o Paraná, no Couto Pereira, vencido pelo Alviverde.

O técnico que esteve a mais jogos dirigindo o Coritiba na história foi o uruguaio Felix Magno, que comandou a equipe nas décadas de 1940, 1950 e 1960. Com 201 partidas, ele conquistou cinco títulos estaduais pelo clube. Em segundo lugar vem o ídolo coxa-branca Dirceu Krüger, que treinou o Verdão em 185 ocasiões entre 1979 e 1997, em sua maioria como interino. Na sequência, Tim e Marcelo Oliveira completam a lista dos quatro primeiros.

Top 5 no aproveitamento

Quando o assunto é desempenho, o comandante já está inserido no top 5 do clube. Paulo César Carpegiani é o quarto colocado, com 58,8% de aproveitamento, atrás de Felix Magno, Tim e Marcelo Oliveira.

Carpegiani treinou a equipe em 1990 e 1995, e retornou ao comando em 2016. Na terceira passagem, o técnico acumula 30 jogos, com 10 vitórias, nove empates e 11 derrotas. O ciclo quase foi encerrado, no final do ano passado, quando o treinador por pouco não renovou o seu contrato com o clube. Se permanecer no Coritiba até o final da temporada, o comandante pode encerrar 2017 entre os três primeiros.

Confira os números dos treinadores no Coritiba segundo dados do Grupo Helênicos:

Lista dos técnicos que mais comandaram o Coxa na história (Divulgação/Coritiba)

Lista dos melhores desempenhos entre treinadores do clube (Divulgação/Coritiba)