Por Pedro Melo 

Coritiba está invicto no Brasileirão sob o comando de Carpegiani. (Divulgação/Coritiba)

Coritiba está invicto no Brasileirão sob o comando de Carpegiani. (Divulgação/Coritiba)

O início do pior momento do Coritiba no Campeonato Brasileiro foi justamente quando perdeu para Grêmio, Chapecoense e Corinthians no primeiro turno. Agora, o Alviverde volta a enfrentar as mesmas três equipes e espera um desfecho diferente já que começando na partida contra o Tricolor gaúcho nesta quarta-feira (07), às 21h45, no estádio Couto Pereira.

O técnico Paulo César Carpegiani ainda tem muitas dúvidas para escalar a equipe. O lateral-direito Dodô voltou da seleção brasileira sub-20 com dores musculares e está vetado pelo departamento médico. Já no ataque, Kleber virou desfalque após uma fissura no pé direito e Kazim-Richards ainda não foi liberado para retornar aos gramados.

A equipe coxa-branca é a primeira fora da zona de rebaixamento com 26 pontos e pode terminar a rodada até com cinco pontos de vantagem para o Z4 caso vença a partida e o Internacional perca para o Santos. Em contrapartida, pode cair até para a 18ª colocação se perder e o Colorado e o Figueirense vençam suas partidas.

Entretanto, o Verdão vem de bons resultados desde a chegada de Carpegiani e ainda não perdeu sob o comando do treinador, que completou um mês no clube. Foram três jogos no Couto Pereira, contando Brasileirão e Sul-Americana, e 100% de aproveitamento.

Grêmio disputa vaga no G4

O Grêmio vive situação oposta no Brasileirão e briga por um lugar no G4. Atualmente, o Tricolor é o sexto colocado, com 36 pontos, mas não vence há três rodadas. O volante Maicon virou desfalque de última hora com lesão muscular e Ramiro será o substituto.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X GRÊMIO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 07 de setembro de 2016.
Horário: 21h45.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ).

Coritiba: Wilson; César Benítez, Luccas Claro, Juninho e Juan; Alan Santos, João Paulo, Raphael Veiga e Vinícius; Neto Berola e Iago.
Técnico: Paulo César Carpegiani

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann (Wallace Reis) e Marcelo Oliveira; Ramiro, Jaílson e Walace; Henrique Almeida, Douglas e Luan.
Técnico: Roger Machado.