Divulgação
Após falhas, Edson Bastos ficará no banco diante do Corinthians

Titular da meta coxa-branca desde 2007, o goleiro Edson Bastos deixou de ser unanimidade entre a torcida do Coritiba na temporada 2011. Com constantes falhas e apresentando certa insegurança na hora de sair do gol, o arqueiro sentiu a pressão e será substituído por Vanderlei já no próximo jogo do Verdão, no domingo, contra o Corinthians.

O técnico Marcelo Oliveira elogiou a qualidade de Edson Bastos, mas disse que é preciso dar um descanso ao jogador, para que ele recupere a confiança e a auto-estima. “O Edson Bastos é um belíssimo goleiro, mas pode ser substituído sem problema nenhum. Ele pode estar passando por um momento de pressão e isso não pode se prolongar”, disse o comandante alviverde.

Após a derrota de ontem por 3 a 1 para o Atlético-GO, com nova falha de Edson Bastos, os jogadores do Coritiba demonstraram todo apoio possível ao goleiro. “É complicado criticar um setor da equipe. Quando perde, perde o time inteiro. A defesa sofreu os gols, mas o ataque não fez. Não faltou luta para a equipe. Nós criamos chances, mas não conseguimos aproveitar, enquanto eles tiveram um aproveitamento muito alto das oportunidades que criaram”, afirmou o meia Rafinha.

A principal crítica da torcida alviverde com relação ao jogo de ontem foi que Edson Bastos teria saído mal do gol no lance do segundo tento do Atlético-GO, marcado por Pereira, contra. Para o atacante Anderson Aquino, autor do único gol do Verdão no Serra Dourada, errar é humano e a equipe coxa-branca também não soube converter em gols as oportunidades criadas.

“Se ele falhou ou não, ele é humano, pode errar e vai errar. Ele já nos ajudou muito e vai continuar ajudando. Falhas acontecem e todos estão sujeitos a isso. Nós realmente não podíamos ter nos abatido tanto após os gols. Tentamos de todas as formas, mas o gol não saiu”, disse Anderson Aquino.

Com a derrota de ontem, o Coritiba caiu para a 12ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos. O Verdão volta à campo no domingo, quando enfrenta o líder Corinthians, a partir das 16h, no Couto Pereira.