Por Guilherme Coimbra com informações de Osmar Antônio

Carpegiani avaliou a vitória do Coxa diante do Foz (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba venceu a sua segunda partida no Campeonato Paranaense, na tarde deste sábado (11), quando derrotou o Foz do Iguaçu por 2 a 1 no Couto Pereira. Mesmo sem sofrer grandes sustos, o Coxa encontrou dificuldades para bater o lanterna da competição. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Paulo César Carpegiani se mostrou surpreso com a atuação do adversário e avaliou a atuação da equipe diante do time do oeste paranaense.

“Nós tivemos muitas dificuldades no primeiro tempo. Não conseguimos encaixar a marcação e ficamos no meio termo. E atrás desse meio termo estava jogando a equipe adversária, que entrou com um atacante e cinco de homens de meio. Estavam levando uma certa vantagem por que nós não estávamos conseguindo encaixar essa marcação”, analisou Carpegiani. “No segundo tempo nós tivemos uma melhora acentuada na medida que foram feitas as substituições, principalmente com o Iago que entrou muito bem. Abrimos o campo e conseguimos imprimir o nosso ritmo buscando o gol, coisa que não ocorreu no primeiro tempo”, concluiu.

Carpegiani surpreendeu ao abdicar de volantes no meio-campo para colocar mais um homem de criação. “A obrigação sempre é nossa de vencer. Nós tivemos uma ideia de entrarmos sem um volante devido as dificuldades que nós tivemos e estamos tendo. Então eu escolhi o Yan, porque se eu tenho um homem mais criativo, que no caso é o Ruy, e que talvez não estava sendo suficiente, eu coloquei dois”, declarou.

O comandante coxa-branca minimizou o fato de encarar um time alternativo do Atlético na próxima rodada, no domingo (19), na Arena da Baixada. “Eu vejo todo mundo falando de reservas, como foi no caso do Paraná. É o nosso caso também. Estamos mesclando, colocando jogadores para entrar em forma, que é quase a mesma coisa. Na medida que tivermos todos os jogadores em condição, tenho a convicção de que vamos ter uma boa equipe”, finalizou.

Confira a entrevista de Carpegiani após a partida: