Apesar de ter mudado o esquema do Atlético, passando do 4-3-3 para o 4-4-2, o técnico Juan Carrasco prometeu manter a ofensividade da equipe rubro-negra para a partida desta quarta-feira, contra o Palmeiras, já que o Furacão precisa vencer esse duelo, pois sofreu dois gols em casa, no jogo de ida (empate em 2 a 2 na Vila Capanema).

“Sempre falamos que trocamos os jogadores, mas não a proposta de jogo. Sabemos que o Palmeiras é uma equipe muito boa, com bons jogadores. Tomamos cuidados quando não temos a bola, mas iremos pressionar para roubar a bola e começar a jogar”, afirmou o uruguaio. “Respeitamos todos por igual, mas quando tivermos a posse de bola iremos atacar como sempre fizemos. Não devemos para ninguém na parte futebolística”, completou.

Ciente das dificuldades que o Atlético enfrentará na Arena Barueri, Carrasco diz que não quer ver sua equipe dependente de um atleta ou de uma jogada específica. “O protagonista tem que ser o nosso jogo e por isso o Atlético faz muitos gols. No último jogo fizemos gols de bola parada, algo que não estávamos fazendo, e isso é bom porque soma na diferente variante de ataque da equipe”, disse o treinador.

Guerrón viaja com a equipe

O atacante Guerrón, poupado do treinamento desta terça-feira, viajou com a delegação rubro-negra para Barueri, mas segue como dúvida para o duelo diante do Porco. “Faltam 24 horas para o jogo e amanhã há possibilidade de fazermos outro treino para definir a equipe. O Guerrón não está 100% fisicamente, mas viaja com o grupo”, finalizou Juan Carrasco.