Após o coletivo da manhã desta quinta-feira, no CT do Caju, o técnico Ricardo Drubscky praticamente confirmou a escalação do Atlético para a partida deste sábado, contra o Ceará, a partir das 16h20, no estádio Presidente Vargas, mantendo apenas uma dúvida no meio-campo, entre Pablo e Renan Foguinho.

“A tendência é jogar a equipe que começou treinando hoje,com a possibilidade do Renan Foguinho jogar lugar do Pablo. Já fizemos um treino assim ontem e vamos decidir o time amanhã”, disse o treinador, que deve mandar a campo Weverton; Gabriel Marques, Manoel, Cleberson e Héracles; Deivid, Renan Teixeira, Pablo (Renan Foguinho) e Paulo Baier; Edigar Junio e Fernandão.

Sobre a utilização do atacante Pablo improvisado na meia cancha, o treinador negou que seja uma improvisação sem fundamento. “O Pablo é um jogador com origem no meio. No início da carreira ele era volante. Quando chegou na categoria de formação, vi treinar e sugeri para ele jogar mais para frente. Ele foi bem, se articula de maneira correta e é um jogador versátil”, explicou.

O meia Paulo Baier fará sua primeira longa viagem no ano, e de acordo com Drubscky, é o próprio jogador que vai definir quando estará em condições de entrar em campo. “O Baier é um jogador experiente e comprometido com o trabalho. Conversamos com ele sobre viajar e ele será o nosso parâmetro. Temos o apoio científico para que o Baier sempre jogue em alto nível”, afirmou.

Treinando para encontrar o equilíbrio da equipe

Drubscky tem trabalhado intensamente em busca de um equilíbrio no time rubro-negro. “Vamos jogar em um sistema equilibrado para vencer dentro e fora de casa. Temos que desempenhar sempre a mesma ideia de jogo. Para nós, vale a dinâmica imposto no jogo e os conceitos coletivos que acontecem durante a partida”, finalizou o treinador.