Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Weverton vê Atlético preparado para conseguir a classificação. (Fábio Wosniak/Atlético)

O Atlético viajou na manhã deste domingo (05) para Bogotá, na Colômbia, onde buscará a vaga na terceira fase da Copa Libertadores contra o Millonarios. O Rubro-Negro venceu a partida de 1 a 0 e precisa apenas de um empate para seguir na competição internacional.

Confiante na classificação, o técnico Paulo Autuori sabe da dificuldade que enfrentará na Colômbia, mas acredita que está levando na bagagem uma “ótima vantagem” por não ter sofrido gol dentro de casa. “É um jogo complicado, mas temos uma ótima vantagem. Não sofremos gol que é fundamental e não quero uma equipe que apenas se defenda. Quero uma equipe que faça o adversário sofrer assim como eles fizeram com a gente. Temos que estar confiante”, declarou.

A expectativa é que o estádio El Campín esteja lotado, mas o treinador não espera uma grande pressão da torcida já que as arquibancadas ficam distante do gramado. “É um estádio tranquilo, que tem pista de atletismo. Os colombianos são muito audaciosos e ousados, mas não quero a nossa equipe com medo de jogar. Um gol nosso muda todo o panorama da partida”, afirmou.

Já o goleiro Weverton cobrou muita atenção do time, mas acredita que os jogadores estão preparados para conseguir a classificação. “Jogo de quarta-feira é diferente e temos que estar bastante atentos e concentrados. Jogo vai ser corrido e complicado, mas vejo nosso time bem tranquilo e preparado”, disse.

Desfalques

Autuori confirmou que o zagueiro Thiago Heleno está fora da partida na Colômbia. O jogador aguarda a liberação da FIFA após rescindir seu contrato com o Deportivo Maldonado, do Uruguai. Porém, ainda não existe um prazo para quando o caso será resolvido.

Quem também segue de fora é o meia João Paulo, ainda sem condições de jogo. A provável escalação tem Weverton; Léo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Lucho González e Felipe Gedoz; Nikão, Pablo e Grafite.