O Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) negou o pedido de efeito suspensivo ao atacante Guerrón, que vai ter que ficar de fora do clássico Atletiba deste domingo, às 16h, na Vila Capanema. O equatoriano foi punido com duas partidas de suspensão por conta do cartão vermelho recebido no Atletiba do último dia 22 de abril.

Como já cumpriu a suspensão automática, Guerrón desfalca o Atlético apenas no primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense, ficando à disposição do técnico Juan Carrasco para o segundo clássico, no dia 13 de maio. O treinador, aliás, revelou ter pensado em duas escalações para o time rubro-negro, pensando em uma formação sem o equatoriano.

“Já pensei em um time com e sem o Guerrón. Com ele, o time tem velocidade e experiência. Sem ele, ganhamos mais na disciplina tática. Guerrón é um jogador importante, mas temos jogadores que podem jogar igual ou melhor que ele”, afirmou o comandante rubro-negro, que deve armar o ataque do Furacão com Bruno Furlan, Bruno Mineiro e Ricardinho.