Por Pedro Melo com informações de Felipe Dalke

(Divulgação/Atlético)

(Divulgação/Atlético)

Thiago Heleno é um dos jogadores mais aplaudidos pela torcida na temporada. (Felipe Dalke/Banda B)

Thiago Heleno é um dos jogadores mais aplaudidos pela torcida na temporada. (Felipe Dalke/Banda B)

O Atlético divulgou uma nota na última quinta-feira (23) mostrando seu desejo em acabar com todas as torcidas organizadas para evitar novos problemas ao clube. Neste ano, a torcida organizada Os Fanáticos fez uma emboscada no ônibus atleticano antes da semifinal da Primeira Liga e hositilizou o atacante Walter durante a partida contra o Londrina.

Essas atitudes provocaram uma resposta brusca da diretoria atleticana que proibiu os materiais da torcida organizada. A punição durou pouco tempo, mas voltou a valer depois que membros dos Fanáticos estenderam uma faixa contra o presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, antes do jogo com o Santa Cruz.

Um dos jogadores mais admirados pela torcida na temporada, o zagueiro Thiago Heleno afirmou que não está a par do assunto, mas espera que o problema se resolva o mais rápido possível pelo bem do próprio clube. “Esperamos que tudo se acerte logo, não fique essa briga e precisamos do torcedor. A torcida empurra o time e ajuda bastante o clube. A caminhada é longa e a gente precisa de todo mundo”, comentou.

Ainda sem a bateria das Fanáticos, o Rubro-Negro joga na Arena da Baixada no próximo domingo (26), às 16h, na Arena da Baixada.

Notícias relacionadas:

Em nota, Atlético mostra desejo em acabar com as torcidas organizadas