Por Esporte Banda B

Thiago Heleno espera Deportivo Capiatá com a mesma postura como mandante (Divulgação/Atlético)

O Atlético desembarcou na madrugada desta terça-feira (21), em Assunção, no Paraguai, para o duelo decisivo contra o Deportivo Capiatá pela Taça Libertadores. Precisando de uma vitória para garantir a classificação para a fase de grupos da competição, o Furacão encara o Capiatá nesta quarta-feira (22), às 21h45, no Estádio Lic. Erico Galeano Segovia.

Titular absoluto na defesa rubro-negra no ano passado, Thiago Heleno ficou de fora dos duelos iniciais contra o Millonarios, da Colômbia, enquanto não tinha sua situação regularizada. Com o nome publicado no BID na véspera da partida, o zagueiro fez sua estreia na temporada diante do Deportivo Capiatá, na última quarta-feira (15), na Arena da Baixada. “Fico feliz por poder voltar a jogar”, afirmou em entrevista ao site oficial do Atlético. “Tenho me sentido bem e concentrado. Espero conseguir colocar em prático tudo o que foi treinado”, completou.

Com o empate em 3 a 3 no jogo de ida, na última semana, em Curitiba, o Furacão precisa vencer por qualquer placar para garantir a classificação para a fase de grupos da Libertadores. “Acredito muito na nossa equipe. Demonstramos diversas vezes que crescemos nos momentos difíceis. Se nos classificarmos, entraremos muito fortes na fase de grupos”, disse o zagueiro.

O Capiatá surpreendeu o Rubro-Negro em Curitiba e conseguiu arrancar o empate. Para o duelo de volta, desta vez na casa dos paraguaios, Thiago Heleno espera a mesma postura por parte dos mandantes. “Creio que eles jogarão da mesma forma”, comentou. “O time deles tem qualidade, mas temos que nos preocupar com a forma que vamos entrar. Temos que estar concentrados, focados e fazer o que o Paulo Autuori tem nos pedido”, finalizou.

Em solo paraguaio, o Atlético realiza o último treinamento na tarde desta terça-feira (21), visando o duelo de quarta (22), às 21h45, no Estádio Lic. Erico Galeano Segovia, em Capiatá.