Por Esporte Banda B 

Atlético prometeu punir o torcedor que cuspiu em Vanderlei. (Reprodução/SporTV)

Atlético prometeu punir o torcedor que cuspiu em Vanderlei. (Reprodução/SporTV)

O lance de um torcedor do Atlético que cuspiu no goleiro Vanderlei, do Santos, na última rodada ainda gera repercussão. A procuradoria do STJD solicitou as imagens do momento e pode denunciar o Rubro-Negro pelo ato de somente um torcedor.

Em nota publicada no site oficial, o Atlético repudiou a atitude do cidadão e pediu desculpas públicas para Vanderlei e também para o Santos. “O Clube Atlético Paranaense vem pela presente repudiar a repugnante atitude do torcedor que cuspiu no atleta Vanderlei Farias da Silva, da equipe do Santos Futebol Clube. Esta conduta desonrosa causa espécie em pleno ano de 2016, quando toda a sociedade civilizada luta para resgatar o brilho dos espetáculos desportivos”, declarou.

“O Clube Atlético Paranaense vem a público externar seus sinceros e profundos pedidos de desculpas ao atleta Vanderlei Farias da Silva e ao Santos Futebol Clube, ressaltando que nossa Instituição não tolerará tamanha falta de respeito e tomará todas as medidas cabíveis para punir o mau torcedor”, continuou a nota.

Na súmula, o árbitro gaúcho Anderson Daronco relatou que foi avisado por Vanderlei do ocorrido, mas não viu o lance. “Relato que aos 5 minutos do 2º tempo, fui informado pelo goleiro do Santos, Sr.Vanderlei Farias da Silva, que um torcedor do Atlético Paranaense, localizado atrás da meta defendida pelo Sr.Vanderlei, estava cuspindo no mesmo, quando a bola estava fora do jogo e o senhor Vanderlei foi buscar a bola para repor em jogo. Informo que tal fato não foi presenciado pela equipe de arbitragem”

Atualização

O Atlético divulgou uma nova nota em que o torcedor foi identificado e suspenso até o julgamento do procedimento administrativo. “O Clube Atlético Paranaense, por meio de decisão liminar do Presidente da Câmara de Ética e Disciplina, Dr. Mário S. A. Schirmer, instaurou procedimento ético disciplinar em face do torcedor identificado como o autor da cuspida em direção ao goleiro Vanderlei Farias da Silva do Santos Futebol Clube e determinou, de imediato, a suspensão preventiva de acesso do torcedor às partidas do CAP até julgamento final do procedimento administrativo”.