O técnico Antônio Lopes comandou um treino coletivo na manhã desta sexta-feira, no CT do Caju, a última atividade em Curitiba antes da partida deste domingo, contra o Flamengo, a partir das 18h, em Macaé. Sem mistério, o treinador já confirmou a escalação do Atlético, com duas mudanças em relação à última rodada do Campeonato Brasileiro.

O volante Renan, prata da casa do Furacão, entra no meio-campo na vaga do suspenso Cléber Santana. A outra mudança é no ataque: Adaílton dá lugar a Rodriguinho. Sendo assim, o Atlético já está pronto para enfrentar o rubro-negro carioca: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Renan, Marcelo Oliveira e Marcinho; Guerrón e Rodriguinho.

O volante Deivid foi poupado do treino de hoje por conta de dores musculares, mas não preocupa e está confirmado no jogo deste domingo. “O Deivid foi poupado porque sofreu uma pancada no jogo contra o Palmeiras e eu não ia colocá-lo para trabalhar a parte tática porque ele poderia sofrer outra pancada. Mas ele vai jogar sim”, disse Antônio Lopes.

Divulgação
Renan vai ser titular diante do Flamengo

De acordo com o treinador, a experiência e os bons treinamentos de Rodriguinho pesaram na hora de optar por este jogador.”O Renan vai jogar no lugar do Cléber Santana. Já o Rodriguinho fez bons treinamentos desde antes do jogo contra o Palmeiras. O Adaílton foi bem, mas eu optei pelo Rodriguinho porque ele tem mais experiência e já é mais rodado”, explicou.

Sobre a manutenção de Rafael Santos comotitular da zaga rubro-negra, tirando Fabrício do time, Lopes explicou que gostou mais dos treinamentos de Rafael, jogador mais criticado pela torcida no atual elenco do Furacão. “Eu fiz a análise pelos treinamentos e pelo jogo contra o Grêmio e achei o Rafael Santos melhor. É o jogador que se escala pela maneira como ele treina”, afirmou.

Por fim, o comandante rubro-negro prometeu uma atenção extra aos grandes jogadores do Flamengo, como Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho, mas considera de muita qualidade toda a equipe carioca.”É um adversário muito bom, vai ser uma parada difícil. Mas vamos lá para tentar vencer o jogo. Nosso pensamento é jogo a jogo. Cada partida é uma decisão, é a partida das nossas vidas”, disse Antônio Lopes.

Além de Cléber Santana, o Atlético tem mais dois desfalques: Madson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Kléberson, que pertence ao Flamengo, e por força de contrato, não pode enfrentar seu clube de origem. A delegação rubro-negra viajou nesta sexta-feira à tarde para o Rio de Janeiro, onde fica concentrada até o horário da partida diante do Flamengo.