Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Sallim Emed quer renovar o contrato do zagueiro Thiago Heleno. (Pedro Melo/Banda B)

Sallim Emed quer renovar o contrato do zagueiro Thiago Heleno. (Pedro Melo/Banda B)

Classificado para a Copa Libertadores, o Atlético sabe que muitos de seus jogadores passaram a interessar clubes não apenas do Brasil, mas também da Europa. Logo após a última rodada do Brasileirão, o técnico Paulo Autuori pediu publicamente a manutenção da base da equipe para 2017.

Dos jogadores com contrato para o ano que vem, a diretoria sabe que o goleiro Weverton e os volantes Otávio e Hernani serão os mais visados para reforçar outras equipes. Entretanto, o presidente Luiz Sallim Emed afirmou que só venderá o trio se surgiu uma proposta “muito atraente” aos atletas e também para o clube.

“Apenas por uma proposta do exterior e tem uma situação semelhante. É o mesmo caso para todos os nossos destaques – Weverton, Otávio e Hernani. Somente se tiver um negócio muito atraente para considerar a saída deles. Vamos fazer todo o esforço para mante-los. A gente tem uma equipe bem entrosada, então, vai ser bom a gente manter o time para a Libertadores”, declarou o presidente, em entrevista à Banda B.

Hernani recebeu proposta para deixar o Rubro-Negro no meio da temporada, mas permaneceu para ficar ainda mais valorizado. Caso ocorra a transferência do volante, Sallim Emed acredita que o clube tem jogadores no elenco com a mesma qualidade. “Hernani até teve a oportunidade de sair na janela anterior e acabou não dando certo porque acreditamos que ele iria valorizar. Essa perspectiva de fato aconteceu e ele consolidou todo o talento dele. O que nos deixa tranquilo é que outros atletas que estão chegando têm capacidade de substitui-lo como o João Pedro e o Rossetto. Se de fato chegar uma proposta atraente, nós vamos estudar”, disse.

Em contrapartida, vários jogadores estão contrato no final e um deles é Thiago Heleno. O presidente demonstrou desejo em renovar o contrato com o zagueiro, mas admitiu muita dificuldade em negociar com o Deportivo Maldonado, do Uruguai, dono dos direitos econômicos do jogador.

“Eu gostaria muito de manter o Thiago Heleno. Onde eu vou, me falam para o Thiago Heleno ficar e gostaria muito que ele ficasse. É uma negociação mais difícil com o clube e temos que estudar e ver se é possível mante-lo aqui. Esse é o nosso desejo, mas ainda não posso dizer nada sobre isso”, concluiu o mandatário.