Flagrado no exame antidoping por uso de cocaína, o goleiro Rodolfo deve ser julgado ao longo do próximo mês pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ao lado do advogado do Atlético, dr. Domingos Moro, o atleta já prepara sua defesa. Porém, por enquanto, ele já está suspenso de maneira preventiva por 30 dias.

“O tribunal recebeu a comunicação da CBF de que esse atleta foi pego no doping e eu apliquei a pena de suspensão preventina de 30 dias. Agora, o caso passa pela Procuradoria, o atleta vai poder se defender e aí ele vai à julgamento”, explicou o presidente do STJD, dr. Flávio Sveiter, em entrevista à rádio Banda B.

De acordo com Sveiter, faltam alguns detalhes para que o julgamento do goleiro seja marcado: que ele apresente sua defesa e que a Procuradoria do tribunal o denuncie.”Eu já intimei o atleta para que ele apresente sua defesa e ele ainda será denunciado pela Procuradoria. Mas ao longo do próximo mês ele com certeza será julgado”, disse.

Pelo uso da cocaína, Rodolfo pode pegar uma pena de até dois anos, que pode ser diminuída de acordo com os argumentos apresentados pela defesa do jogador. “Tudo depende do que será apresentado pela atleta e será analisado pelo tribunal. Por enquanto não podemos falar mais do que isso sobre o caso”, finalizou Flávio Sveiter.