Ricardo Drubscky foi contratado para ser praticamente um interino. Após a saída de Jorginho, o treinador assumiu o Furacão e não saiu mais do Furacão. O comandante Rubro-Negro, que tem contrato apenas até o dia 31 de dezembro, quer ficar na próxima temporada.

Drubscky já havia tido uma passagem pela divisão de bases do Atlético, mas acabou abandonando para virar treinador profissional. “Eu tenho uma bagagem de estudos, de prática, e eu tinha no Atlético uma estabilidade quando eu fazia parte da categoria de base e eu saí daqui para ser treinador profissional. Eu apostei com confiança que iria dar certo”, garantiu.

Agora, o treinador quer ficar no Furacão na próxima temporada.”Espero conversar com a diretoria para que eu faça um trabalho no Atlético desde o início, com a pré-temporada. Eu tenho um sonho de conseguir lançar jogadores aqui do Atlético que trabalharam comigo”, disse Drubscky.

Para 2013, o planejamento terá de ser maior, valorizando também os jogadores da base, além de fazer novas contratações. “50% do nosso elenco é da nossa base. Temos valores interessantíssimos na base mas nós precisamos também contratar para dar mais sustentação ainda”, finalizou o técnico do Atlético.