Após a vitória desta terça-feira por 2 a 1, de virada, em cima do Boa Esporte, o técnico Ricardo Drubscky admitiu que o Atlético não fez um bom primeiro tempo, mas elogiou a postura da equipe, que na visão dele, não se abalou com o gol do adversário e buscou a virada a todo custo.

“A postura toda da equipe foi muito boa no segundo tempo.O time não se desesperou em hora alguma, mas fica a lição de um primeiro tempo não tão bom assim e de um segundo tempo bem melhor”, afirmou o treinador.”O grupo todo é guerreiro, de qualidade e tudo somou para uma vitória bonita como essa”, completou.

O comandante rubro-negro elogiou a atuação do meia Paulo Baier, que entrou no intervalo da partida e ajudou o Atlético a virar o placar e vencer o Boa Esporte.”O Paulo motivou o grupo já no vestiário, como um capitão deve fazer. Pegou a braçadeira de capitão e veio forte para o campo”, disse.

Por fim, Drubscky admitiu que ainda precisa trabalhar com o elenco de jogadores para que as vitórias do Atlético sejam menos suadas e os gols saiam com mais facilidade.”É melhor a gente treinar, conversar, melhorar nosso jogo para que as bolas entrem com menos dificuldades e a gente tenha vitórias mais tranquilas”, afirmou.