Apesar do jogo difícil contra o Guaratinguetá, o Atlético fez 3 a 0 no clube paulista e chegou aos 62 pontos, novamente dentro do G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Na coletiva, o técnico Ricardo Drubscky elogiou a luta dos jogadores do Furacão em busca da vitória.

Mesmo controlando a partida, o Atlético não conseguiu transformar as chances em gol. “A gente fez um bom primeiro tempo, tivemos um controle de jogo e acabou sendo apenas 1 a 0.Nós não estávamos conseguindo acertar o último passe e acabamos conseguindo concluir o jogo apenas no final”, lembrou o treinador.

E segundo Drubscky, nem sempre o jogo agudo praticamento pelo Rubro-Negro é o certo para vencer. “Fizemos um jogo agudo e por mais que o torcedor goste disso, goste da bola sempre para a frente, as vezes ele nem sempre é muito produtivo, pois temos que ter calma para concluir as jogadas e não essa pressa que estamos tendo”, garantiu.

O elenco, além de tudo, tem o diferencial de ser bastante competitivo, trazendo isso como um diferencial para que o Furacão busque o acesso. “O perfil de competitividade que o nosso elenco tem é o que tem sido o diferencial para estar conseguindo fazer uma boa reta final de campeonato”, finalizou.