Monique Vilela – rádio Banda B
Renato Gaúcho alega “problemas particulares” e deixa o Atlético

Após 14 jogos no comando do Atlético, o técnico Renato Gaúcho pediu demissão do clube, na tarde desta quinta-feira, alegando “problemas particulares”. A diretoria rubro-negra convocou uma entrevista coletiva de última hora para comunicar a mudança e já trabalha em busca de um novo treinador. O principal nome especulado é Paulo César Carpegiani, que passou pelo Furacão em 2010.

“Foi uma decisão minha, ontem após o jogo e eu não estava de cabeça quente. Não tem convite nenhum de outro clube. Eu tenho que resolver alguns problemas particulares, desde a época que eu saí do Grêmio. O Alfredo me convenceu a vir pra cá e eu acho que fiz um bom trabalho, até pela situação que o clube vivia. Tenho certeza que o Atlético vai sair dessa situação e eu vou torcer muito para que isso aconteça”, disse Renato Gaúcho.

Renato foi contratado no dia 04 de julho para substituir Adilson Batista. Ele estreou no dia 09 de julho, no empate em 0 a 0 com o Avaí, na Arena da Baixada. Com o treinador, o Atlético venceu quatro partidas, empatou cinco e perdeu três. O Furacão chegou a ficar sete jogos invicto e conseguiu deixar a lanterna do Campeonato Brasileiro. Pela Copa Sul-Americana, foram duas partidas e duas derrotas, ambas para o Flamengo.

Apesar de frequentemente elogiar o elenco rubro-negro, Renato Gaúcho sempre se queixava da falta de um “centroavante matador” no grupo do Atlético, reclamando também da não contratação desse goleador. Além disso, o treinador chegou a criticar o estado ruim do gramado da Arena da Baixada, dizendo que nada foi melhorado desde sua chegada ao clube.

Renato foi o sexto treinador a dirigir o Atlético em 2011. O clube iniciou a temporada com Sérgio Soares, depois contratou Geninho, ficou um período sob comando do interino Leandro Niehues, aí trouxe Adilson Batista, e por fim, Renato Gaúcho. O diretor de futebol do Furacão, Alfredo Ibiapina, está em Porto Alegre e o novo comandante rubro-negro deve ser contratado até domingo.

Junto de Renato Gaúcho, deixam o Atlético o preparador físico Alexandre Mendes e o auxiliar técnico Victor Hugo. Os dois vieram para o clube por indicação do próprio Renato.