Por Guilherme Coimbra com informações de Greyson Assunção

Carlos Alberto, Grafite e Luis Henrique foram apresentados no CT do Caju (Monique Vilela/Banda B)

O Atlético apresentou mais três reforços, na tarde desta terça-feira (17), no CT do Caju. O meia Carlos Alberto e os atacantes Luis Henrique e Grafite foram apresentados oficialmente em coletiva ao lado do presidente Luiz Sallim Emed. Um dos clubes que mais movimentou o mercado e contratou reforços de peso, o Furacão contou com uma estratégia importante para convencer os contratados: Paulo Autuori. Bem quisto pelos atletas, o treinador foi protagonista nas negociações e muito elogiado pelos jogadores na chegada ao clube

Primeira contratação do Atlético para 2017, o atacante Grafite contou como foi o contato do treinador para trabalharem juntos novamente, reeditando o ano de 2005, quando foram campeões da América. “Meu contato foi tranquilo. Já vinha falando com ele desde o ano passado e já havia trabalhado com ele no São Paulo. Vocês o conhecem, ele é um gestor que tem uma grande capacidade de lidar com o grupo sem deixar ninguém se abater, dando a oportunidade para todos”, disse. “O Paulo [Autuori] é profissional diferenciado e casou muito bem a filosofia de trabalho dele com a do Atlético, de agregar valores, de buscar revelar e trazer jogadores com qualidade, que tenham o perfil do clube. Ele dispensa comentários. Eu sou suspeito para falar, por já ter trabalhado e ter sido campeão da Libertadores com ele”, completou.

Mais jovem dos contratados, o atacante Luis Henrique, de 19 anos, colocou Autuori como o responsável pela sua vinda ao Furacão. “Nós nos reunimos no ano passado no Rio de Janeiro e eu falei para ele sobre minha vida pessoal e profissional, sobre o que eu quero para a minha carreira. E ele gostou, disse que era o perfil que queria no Atlético. É um cara que dispensa comentários. Todos vocês sabem da índole dele, do respeito com todos, sabendo gerenciar as pessoas, não deixando ninguém ficar abatido e dando oportunidade para todos. O que o Paulo Autuori e o Atlético me proporcionaram aqui, foi um diferencial para mim. O fato dele estar aqui foi algo a mais para eu vir”, destacou.

O meia Carlos Alberto elogiou a trajetória do comandante e a capacidade de gerenciar os problemas. “Trabalhei com ele no Vasco e vinha tendo contato por telefone. É uma satisfação de estar com ele novamente. Hoje em dia o futebol está evoluindo e o Paulo [Autuori] é um treinador diferenciado que não parou no tempo. Ele acumula a experiência de ter convivido nos bastidores do futebol e tem uma história de vida muito bonita”, comentou. “Esses exemplos nos estimulam a estar cada vez pensando em conquistas e o retorno que ele dá ao clube. Quando tem tempo de trabalho como o Atlético vem dando, você vê resultados. No Vasco foi um período bem difícil, nós não tínhamos essa estrutura que temos aqui e a cada dia ele estava solucionando um problema. E a maneira como ele encara esses problemas, é de uma elegância de encher os olhos”, finalizou.