Por Rodrigo Dornelles
Cabral é uma camisa 10 "às antigas". (Divulgação/ Argentinos Juniors)

Cabral é uma camisa 10 “às antigas”. (Divulgação/ Argentinos Juniors)

O Atlético fechou a contratação do meia chileno Luciano Cabral, do Argentinos Juniors, da Argentina. O jogador de 21 anos ainda não foi oficializado pelo Furacão, mas chega ao clube por empréstimo. O time argentino já confirmou a negociação. Buscando há algum tempo um armador, o Rubro-negro tem agora um camisa 10 “às antigas” para reforçar um setor carente de seu elenco.

De acordo com informações divulgadas pelo próprio Argentinos Juniors, o empréstimo do jogador é válido por um ano e custou 190 mil dólares. O Atlético ainda tem a opção de compra do atleta pelo valor de 1,4 milhão de dólares até dezembro deste ano ou por 1,6 milhão de dólares até março de 2017.

Carente de um meio-campista armador, o Furacão encontra em Luciano Cabral uma nova possibilidade. O repórter especialista em futebol sul-americano, Joza Novalis, do portal Futebol Portenho, avalia o jogador como um camisa 10 “às antigas”. “Já faz tempo que estou lembrando aqui. Clubes que querem um camisa 10, corram e busquem Lucano Cabral, do Argentinos Juniors, enquanto há tempo”, escreveu o repórter em uma rede social em fevereiro deste ano. “Um camisa 10 às antigas”, disse ainda Novalis na mesma plataforma.

A habilidade de Luciano Cabral foi bastante destacada e elogiada pelo repórter, que fez uma observação, o argentino naturalizado chileno precisa ser bem recebido pelo grupo para render. “Enganche típico com rara habilidade e futuro. Mas precisaria de excelente acolhida, seu temperamento é introspectivo”, comentou Joza Novalis a respeito do novo reforço atleticano.

Inicialmente, a expectativa é de que Luciano Cabral seja utilizado exatamente na posição centra do campo. O Atlético utiliza um esquema com três meias em linha, atrás de um único atacante. Cabral deve atuar justamente nessa linha, pelo centro. No rodízio rubro-negro, o último a ocupar essa posição foi o atacante Walter. Vinícius é outro que vem fazendo a função.