O técnico Jorginho chegou ao Atlético trazendo um auxiliar, Anderson Lima, e um preparador físico, Omar Feitosa. Após a demissão do treinador, a diretoria rubro-negra preferiu manter Feitosa no clube, agora como coordenador de toda a preparação física do Furacão.

Feitosa já havia passado pelo Atlético em outras duas oportunidades, em 1994 e de 1998 a 2000, e agora vai trabalhar não apenas com o elenco profissional, mas também com todas as categorias de base do clube rubro-negro.

A manutenção de Omar Feitosa faz parte da remontagem de uma comissão técnica fixa, algo que o Atlético vinha adotando até 2011, foi cortado no início dessa temporada, mas está sendo retomado a partir de agora.