Divulgação
Héracles deve ser titular na partida contra o Avaí

Com as lesões de Paulinho (que passou por uma artroscopia no joelho, nesta quinta-feira, e só deve voltar a treina com bola daqui três semanas) e também de Marcelo Oliveira, o técnico Antônio Lopes deve promover o retorno do jovem Héracles à lateral esquerda do Atlético, para a partida contra o Avaí, no domingo, a partir das 18h, na Ressacada.

Outra mudança no time atleticano é o retorno do volante Deivid, que cumpriu suspensão na última rodada do Campeonato Brasileiro. No ataque, Marcinho jogará ao lado de Nieto, já que Guerrón está servindo a Seleção Equatoriana. Fabrício, em fase de transição de lesão muscular, segue como dúvida e Gustavo vem treinando na zaga rubro-negra, junto de Manoel.

Lopes segue trabalhando com os jogadores e ainda não confirmou a escalação do Furacão, mas a tendência é ir a campo com: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício (Gustavo) e Héracles; Devid, Renan Foguinho, Cléber Santana e Paulo Baier; Marcinho e Nieto. A utilização de Marcinho no ataque, segundo o treinador, é melhorar o sistema ofensivo do Atlético.

“Com essa formação tática que estamos montando, acho que vamos criar muitas situações de gol, com o Marcinho, o Paulo Baier e o Cléber Santana. Eles sabem organizar a equipe, criar as jogadas de ataque e sabem finalizar também. O Marcinho faz muitos gols, o Paulo também faz. O Cléber chuta bem de fora da área”, afirmou Antônio Lopes.

No Brasileirão de 2009, Marcinho jogou quase que o tempo todo no ataque, com Paulo Baier atuando na armação de jogadas, exatamente como acontecerá no próximo domingo. Na ocasião, Marcinho foi artilheiro do Atlético na competição, e agora, comemora o retorno dessa parceria com Paulo Baier.

“Com o Paulo, eu jogo no meio, no ataque, não tem problema. Tem jogador que se completa com outro, e eu acho que eu e o Paulo jogando juntos podemos ajudar muito o Atlético. Em 2009, eu joguei no ataque e o Paulo no meio. Naquele ano, fiz 12 gols, com nove passes do Paulo. Independente do que o Lopes pedir, eu vou estar tranquilo e vou me empenhar no jogo”, disse Marcinho.