Ouça o áudio

O repórter da Super Rádio Piratininga, de Guaratinguetá, Bruno Leandro entrevistou o presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia, e ele comentou sobre a situação atual do Rubro-Negro. Petraglia lembrou que o Furacão está tendo que reestruturar a equipe no meio do ano.

O presidente garante não estar satisfeito com o atual rendimento do equipe, e apesar dos reforços, Petraglia garante que ainda precisa de um conjunto. “Lamentávelmente, neste ano, o nosso time não está correspondido. Estamos tendo que reestruturar a equipe agora, contratando jogadores mais experientes, mas conjunto não tem como comprar”, disse ele.

Admitindo que está difícil de subir, Petraglia lembra que, por ficar muito tempo sem jogar a Série B, o clube desaprendeu. “O planejamento deste ano é de voltar para a primeira divisão, mas está bastante difícil. Nós esquecemos como joga a Série B. Ficamos 16 anos na Série B, era o clube que estava à mais tempo dos times que já haviam caído uma vez”, garantiu.”Queremos ter um estádio de primeira, como vamos ter, mas com um time de primeira divisão também”, completou.

A frustação causada no início do ano, com a perda do Paranaense, fez o presidente mudar a filosofia. “No papel e na teoria você monta um grupo achando que ele vai ser vencedor, mas na prática acaba não dando resultado e temos que reestruturar tudo”, lembrou Petraglia.

Finalizando a entrevista, o presidente do Furacão lembrou que está tendo de jogar fora de casa em praticamente todos os jogos, já que o Coritiba e Paraná não alugaram o estádio. “Os co-irmãos em Curitiba não nos emprestaram, ou alugaram, um estádio e por isso estamos tendo que jogar praticamente todos os jogos fora”, finalizando.