Aos 37 anos, o meia Paulo Baier tem um planejamento à parte dentro do elenco do Atlético. O jogador não tem viajado para as partidas longe de Curitiba, para evitar um maior desgaste físico, sendo, portanto, aproveitado apenas nos duelos dentro de casa.

Nesse programa montado pela comissão técnica do Furacão, o maestro vem sendo escalado constantemente como volante pelo treinador Juan Carrasco. Paulo Baier, no entanto, já conversou com o uruguaio e pediu para não ser mais escalado dessa forma.

Meia de origem, o atleta quer atuar apenas na armação de jogadas, que é a maneira com que ele mais se sente à vontade dentro de campo.