Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Paulo Autuori deve manter a base do time que empatou com a Católica. (Divulgação/Atlético)

O atacante Grafite não teve escalação confirmada para a partida do Atlético contra o San Lorenzo nesta quarta-feira. O experiente jogador cumpriu suspensão na rodada passada com a Universidad Católica e deve ficar apenas como opção no banco de reservas.

Antes do treinamento em Buenos Aires, o técnico Paulo Autuori admitiu que Grafite ainda não está garantido no time titular e ressaltou que o atacante vinha se recuperando de contusão. “Se eu disse que vou iniciar com o Grafite, eu estaria mentindo. Ele estava parado há algum tempo porque tratava de lesão. A lógica me diz que eu preciso aproveita-lo até onde for possível. Vamos analisar e traçar toda a estratégia. Ainda vamos conversar com o grupo”, comentou.

Mais do que uma vitória contra o San Lorenzo, Autuori espera que o Rubro-Negro mantenha o mesmo nível em todas as partidas da Libertadores. “Uma vitória não é nada. Temos que ser uma equipe consistente durante toda a temporada. Não adianta fazer um bom jogo e depois vacilar. Queremos uma equipe com um nível competitivo que possa jogar as competições da melhor maneira possível”, disse.

“Nunca se decide no primeiro turno. Temos que analisar os dois lados e não adianta colocar uma coisa como se fosse decisiva. Se ganharmos o jogo, não vai decidir nada, mas claro que vai dar motivação. Queremos ser uma equipe de futebol em todas as circunstâncias e não apenas em alguns momentos”, complementou Autuori.

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira contra o San Lorenzo, às 19h30, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires.

Confira a entrevista do técnico Paulo Autuori: