Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Autuori pretende escalar Weverton o máximo possível na temporada. (Marco Oliveira/Atlético)

O Atlético empatou a segunda partida seguida e segue sem vitória no Campeonato Paranaense. Porém, o tropeço foi minimizado pelo técnico Paulo Autuori que quer aproveitar o estadual para dar oportunidades aos jogadores mais jovens do elenco.

“Não estou preocupado com desempenho neste momento, essa equipe não joga junto. Quero expor esses jogadores a momentos como esse e isso é importante. Essa primeira fase do estadual é classificatória e temos que preparar mais a equipe. Nosso objetivo preocupar a expor esses jogadores e nada melhor para eles que o jogo”, declarou Autuori.

Weverton foi o único titular a atuar nas duas partidas e o goleiro espera atuar o máximo possível, mas deixa a decisão nas mãos de Autuori para seguir como titular do estadual. “Espero estar sempre a disposição. Sempre gosto de estar jogando e goleiro é uma posição muito individual. Lógico que você joga para o time, mas quanto mais joga, mais preparado eu fico. Claro que temos o Santos que é um cara sensacional e ele ajudou muito em momentos importantes”, comentou.

Já o treinador declarou que Weverton precisa continuar jogando e só deve tira-lo da equipe quando o calendário de jogos exigir. “Nesse momento para ele é fundamental jogar. Além da vontade do Weverton, é a necessidade também. Por isso, ele está jogando”, afirmou.

Assistente comandando o time durante a partida

Assim como aconteceu na estreia contra o Rio Branco, Autuori ficou a maior parte da partida no banco de reservas e quem comandou o time foi o assistente Bruno Pivetti. “Não tem escolha nenhuma. Nós trabalhamos juntos e isso faz arte do que nós programamos. É uma exposição importante para o Bruno e é o típico da coisa irrelevante”, explicou o comandante.