Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dutra

Autuori garante sequência de time alternativo priorizando a Libertadores (Divulgação/Atlético)

Ainda atuando com um time alternativo no Campeonato Paranaense, o Atlético foi derrotado pelo Prudentópolis neste domingo (12), no Estádio Newton Agibert, e segue sem vencer na competição. Priorizando a Libertadores, Paulo Autuori se disse responsável pela evolução e maturidade dos atletas e afirmou que seguirá utilizando os jogadores mais jovens no Estadual, priorizando a disputa da Libertadores e as demais competições da temporada.

“Não tem falha nenhuma e reflexo nenhum. Estamos botando essa garotada e se não for assim, estou fora do Atlético. Quem vai jogar são eles e isso está muito claro. Estou orgulhoso da equipe que temos. Um campo difícil, uma equipe bem postada e nós lutamos bem. O que eu não admito no futebol é a torcida gritar raça depois que o time leva gol”, desabafou Autuori. “Estou orgulhoso deles, como sempre. São garotos. Jacy e [Gustavo] Cascardo jogaram pela primeira vez. É isso que faz acelerarmos o processo de maturação deles. Eu sou o responsável, mais ninguém”, completou.

O comandante rubro-negro reforçou que vai continuar mantendo a equipe alternativa no Estadual e que o grande foco do Atlético é o decorrer da temporada. “Não estou preocupado com o Campeonato Paranaense. Estou preocupado em fazer o melhor em uma competição difícil como a Libertadores e para toda a temporada. Isso aí não me preocupa, é coisa difícil, mas tem é planejamento. E no meio do caminho não muda. Se mudar, eu mudo também”, disse.

João Pedro foi a principal novidade da equipe no meio-campo contra o Prudentópolis. Retornando de lesão, o meia foi bastante elogiado pelo técnico Paulo Autuori, que afirmou que a intenção é inscrevê-lo para a disputa da Libertadores.

“Já não. Porque ele só pode se passarmos para a fase de grupos vou poder inscreve-lo. E taticamente também, pois está sem jogar há muito tempo. Hoje ele esteve muito bem”, destacou. “O João [Pedro] só não esteve presente na relação porque estava lesionado. Ele poderia começar jogando, mas infelizmente acabou sentindo antes do jogo contra o Peñarol. Era nosso titular. Nosso objetivo é abrir espaço para ele, pois tem muita qualidade, é um jogador que gosto muito e precisa de oportunidades”, concluiu.

O Furacão volta a campo pelo Campeonato Paranaense no próximo domingo (19), no clássico contra o Coritiba, na Baixada. “Clássico sempre tem diferença. Um profissional que já tem anos nisso é um jogo com características diferentes, mas é um jogo. Eu prefiro arriscar resultado do que ser incoerente. O futebol não acaba ali e a nossa coerência é seguir em planejamento que tivemos”, disse.

Antes do clássico, o Atlético encara o Deportivo Capiatá, na próxima quarta-feira (15), às 21h45, na Arena da Baixada, em jogo válido pela terceira fase da Libertadores.

Confira a entrevista de Paulo Autuori após a derrota: