Por Rodrigo Dornelles

Vitória no finalzinho, três pontos em casa e G4 próximo. O Atlético conseguiu um bom resultado em sua volta à Arena da Baixada após uma dobradinha como visitante. Após um primeiro tempo em que o Santos foi melhor, o Furacão dominou a etapa final para vencer. E o técnico Paulo Autuori elogiou o banco de reservas atleticano na partida diante do Peixe.

Paulo Autuori reclamou do calendário novamente. (Divulgação/ Atlético)

Paulo Autuori reclamou do calendário novamente. (Divulgação/ Atlético)

Na etapa final, Anderson Lopes, Vinícius e Pablo entraram em campo e deram novo ânimo ao ataque rubro-negro. Para Autuori, importante contribuição do banco de reservas. “Os verdadeiros protagonistas foram os jogadores e os torcedores. Aqueles que entraram, Vinícius, Anderson Lopes e Pablo entraram bem”, disse o treinador. “Vinícius entrou bem, como Anderson Lopes, o Pablo. Quando entram bem, isso é reforço. Não é a primeira vez que acontece, contra o São Paulo também, isso mostra que o grupo está atento”, comentou.

Além das mudanças de jogadores, o comandante atleticano falou sobre a mudança de postura, adiantando as linhas na etapa final. “Vi uma equipe com postura de respeito ao adversário no primeiro tempo. Falamos no intervalo de subir um pouco as linhas. Você crescer no segundo tempo demonstra capacidade física também, ficou bastante claro”, analisou Paulo Autuori.

O treinador rubro-negro ainda voltou a reclamar do calendário do futebol brasileiro. “É impossível no futebol brasileiro arrumar tempo para você fazer alguma coisa. Achei um tempinho para cortar meu cabelo. Mas tive que arrumar um tempo para isso”, afirmou Autuori.