Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Paulo Autuori ainda não vê Atlético maduro na temporada. (Marco Oliveira/Atlético)

O Atlético precisou passar muito sufoco para garantir a classificação para a fase de grupos da Libertadores contra o Deportivo Capiatá, do Paraguai. Para o técnico Paulo Autuori, o Rubro-Negro vai tirar muitos lições das duas classificações e acredita que os jogadores souberam se sacrificar para sair com a vitória.

“O gol teria que sair e saiu no início. O Atlético soube sofrer e se sacrificar. Não usaria o termo madura. Se a gente tivesse maturidade, sofreria menos. A gente vai saber tirar lições dessas duas eliminatórias. Um jogo muito complicado contra o Millonarios e outro reto com o Deportivo Capiatá”, declarou Autuori.

O grande heroi da classificação foi o experiente Lucho González, que marcou pela primeira vez com a camisa atleticana. Mesmo criticado por alguns torcedores, o comandante destacou o trabalho do volante argentino durante as partidas. “O Lucho é fundamental para nós. Para nós, o importante é o temperamento que ele tem e isso agrega muito para nós. Quero agradecer a ele e a todos os jogadores”, elogiou.

Durante toda a segunda etapa, o Deportivo Capiatá pressionou o Atlético em jogadas de bola aérea, porém, pouco deu trabalho para o goleiro Weverton. O treinador destacou o trabalho da equipe que iniciou a temporada há pouco mais de um mês. “Era importante passar. Sabíamos que iríamos sofrer aqui. Foram 39 dias de trabalho e quatro decisões, agora teremos tempo. Eles exploraram muito as bolas erguidas para a área, mas o Weverton não precisou fazer nenhuma grande defesa”, disse.

Agora, o Furacão jogará na fase de grupos com Universidad Católica, do Chile, San Lorenzo, do Argentina, e Flamengo. “É um grupo difícil, mas com equipes que jogam. O tipo de pressão será outro. Mas está na hora de sermos herois também.  Nós entendemos que tiramos lição dessas duas eliminatórias. São lições que não podemos deixar passar e inteligente é aquele que aprende com seus próprios erros. Passamos de duas equipes diferentes”, destacou o treinador.

Confira a entrevista coletiva do técnico Paulo Autuori: