Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Paulo Autuori lamentou o desempenho da equipe em parte do jogo. (Divulgação/Atlético)

Paulo Autuori lamentou o desempenho da equipe em parte do jogo. (Divulgação/Atlético)

O Atlético não conseguiu repetir o desempenho das últimas partidas, ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Vitória e agora tem dois pontos de desvantagem para o G4. A equipe atleticana teve posturas distintas nos dois tempos e o técnico Paulo Autuori lamentou o fato do Rubro-Negro ter entrado no jogo do adversário na etapa final.

“A gente perdeu a organização e isso é minha responsabilidade. Nesses jogos que fizemos, não perdemos a organização e entramos no jogo que o adversário queria. Terminamos essa rodada numa situação que poderia ser melhor, mas ainda estamos preparados para entrar em uma disputa”, comentou Autuori.

A primeira substituição foi a saída de Walter e o treinador explicou que precisava de mais velocidade com a entrada de Marcos Guilherme. “Eu optei pela saída do Walter porque precisávamos de mais velocidade e mobilidade. Depois saíram o Nikão e Pablo e não tivemos uma tarde feliz nas tomadas de decisões”, afirmou.

Logo após a partida, o comandante teve uma conversa mais dura com um torcedor que questionou a entrada do jovem Yago e destacou a essência de utilizar jogadores da base. “Se for para reclamar, reclama comigo porque essa é a essência do trabalho. São jogadores novos, as decisões foram minhas e fala de mim. Tem que apoiar a equipe, os jogadores jovens e a responsabilidade foi minha por isso falei”, disse.