Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dutra

Pablo minimizou altitude e quer equipe preparada para tudo em Bogotá (Divulgação/Atlético)

O Atlético tem uma decisão nesta quarta-feira (8), às 21h45, diante do Millonarios, da Colômbia, pela segunda fase da Libertadores. Em entrevista nesta terça-feira (7), em Bogotá, palco da partida, o atacante Pablo reforçou as qualidades da equipe e disse que a equipe está preparada para enfrentar as dificuldades em solo colombiano. 

O atacante Pablo negou preocupação com os 2.640 metros acima do nível do mar da cidade de Bogotá. “Não estamos pensando nisso. Sabemos das dificuldades e temos que superá-las. Vamos focar no jogo, na estratégia e esquecer a questão da altitude”, disse. “Saberíamos que enfrentaríamos isso. Todo o pessoal do departamento médico e da fisiologia passou certinho para nós. Estamos fazendo todos os procedimentos para que isso não nos afete dentro de campo”, completou.

Com a vantagem do empate e podendo até perder por um gol de diferença, desde que balance as redes do adversário, Pablo prezou pela cautela diante do Millonarios no El Campín. “É claro que é uma vantagem boa. Mas sabemos das dificuldades que foi a partida na nossa casa e estamos cientes que será um jogo complicado aqui”, afirmou. “É uma equipe competitiva, muito boa. Sabemos das dificuldades e temos que ter muito cuidado”, concluiu.

O atacante destacou a importância de apostar as fichas em um elenco que mescla juventude e atletas mais experientes. “Tem muitos jovens. Jogadores com muita experiência, também. No futebol é muito importante ter a tranquilidade de jogar com os mais velhos e ter os jovens para equilibrar. Creio que isso é fundamental. Nossa equipe está muito feliz, muito contente e sabendo da responsabilidade que tem”, destacou.

O Rubro-Negro encara o Millonarios nesta quarta-feira (8), às 21h45, no Estádio El Campín, em Bogotá, pela partida de volta da segunda fase da Libertadores. “Vamos continuar trabalhando a estratégia com o Paulo [Autuori]. Sabemos que a equipe deles com o apoio do torcedor vai nos pressionar nos primeiros quinze minutos. Isso é normal quando joga fora de casa e estamos preparados para qualquer dificuldade. Temos que passar por cima”, finalizou Pablo.