Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dutra

Paulo Autuori pediu time de cabeça erguida para a volta (Felipe Dalke/Banda B)

O Atlético empatou com o Deportivo Capiatá, do Paraguai, por 3 a 3, na noite desta quarta-feira (15), pelo jogo de ida da terceira fase da Libertadores, e se complicou para a volta na próxima semana no Paraguai. Em entrevista coletiva depois da partida, o técnico Paulo Autuori pontuou os erros defensivos incomuns apresentados, mas pediu que a equipe não se abata para o duelo decisivo em Capiatá.

“Não tem que lamentar nada a não ser nossos erros. Erramos onde normalmente não costumamos errar. Defensivamente nós tivemos dificuldade e não estivemos no nosso nível. Se estivéssemos, certamente não sofreríamos os gols que sofremos. Falhar em situação dessa não é fácil. Erramos muito e levamos três gols, o que não sofríamos a muito tempo”, afirmou Paulo Autuori.

O comandante rubro-negro quer tirar o empate como lição e declarou que não se pode abater para a volta. “O trabalho vai ser o mesmo. Nós temos uma equipe que sabe reagir e já demonstrou isso em outros momentos. Só vou saber responder depois do jogo de lá”, disse. “Não podemos abater de maneira nenhuma. Quando nós erramos, não deve lamentar absolutamente nada. Temos que assumir nossos erros, levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima. Estou há muito tempo nisso e sei que no futebol tem isso”, concluiu.

Com três gols sofridos de cabeça, Paulo Autuori pontuou as falhas defensivas incomuns apresentadas pelo Atlético. “Erramos completamente. Não tem que ficar aqui procurando erros claros. Certamente vamos fazer análise disso, não é difícil de fazer. Erramos na tomada de decisão e nos lances de bola parada no segundo e no terceiro gol. O primeiro também não é gol que se sofra”, comentou.

Com o retorno de Thiago Heleno, Autuori não pode contar com o meia Carlos Alberto no duelo de ida, mas espera tê-lo para a partida de volta no Paraguai. “Não foi para poupar. Ele já treina nestes próximos dias e certamente estará pronto para o jogo de lá, não tenho dúvidas em relação a isso. Já o Thiago [Heleno] estava pronto para jogar. Só aguardava a regularização, treinava normalmente e nós preparamos o cenário para isso”, ressaltou.

O treinador rubro-negro espera um novo duelo difícil na volta contra o Capiatá acontece na próxima quarta-feira (22), às 21h45, no Estádio Deportivo Capiatá. “A equipe deles já apresentou mais dificuldades jogando fora do que dentro de casa. Vão amarrar o jogo como fizeram aqui e isso é normal”, finalizou.

Confira a entrevista coletiva do técnico Paulo Autuori: