A polêmica envolvendo o ex-presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia, ainda está dando o que falar. Petraglia divulgou, em sua página pessoal do Facebook, uma relação com o salário de 21 jogadores do Furacão, comparando o que um atleta da base e um atleta mais experiente estavam recebendo mensalmente.

Em entrevista à rádio Banda B, o presidente do Atlético, Marcos Malucelli, criticou a atitude de Petraglia e a classificou como “inapropriada e infundada”. De acordo com o dirigente, a direção rubro-negra recebeu com “perplexidade” a informação de que essa lista estava circulando nas redes sociais. Malucelli aproveitou para desmentir os dados passados pelo ex-presidente.

“Foi algo totalmente inoportuno, contendo várias inverdades. Num momento que estamos proclamando a união dos atleticanos de verdade, aparece um ex-presidente com uma matéria totalmente infundada. Isso não contribui em nada para o clube e serve apenas para dividir o Atlético. Eu fiquei decepcionado com a atitude desse ex-dirigente, até porque ele assinou recentemente um manifesto em que dizia para todos os atleticanos se unirem pelo bem do clube. Isso ficou só no discurso, na prática ele desvestiu sua pele de cordeiro e mostrou quem ele realmente é, torcendo para ele e não pelo clube”, criticou Malucelli.

O presidente disse que a Câmara de Ética do Atlético deve tomar providências com relação às declarações polêmicas de Petraglia.”Nós emitimos uma nota oficial esclarecendo essa questão e colocando a posição oficial do Atlético. Encaminhamos à Camâra de Ética um ofício para que eles tenham conhecimento do caso. Já fizemos o que cabe a nós, de resto, eu li no jornal que o Ministério do Trabalho vai intimar o ex-presidente para que ele se manifeste sobre essa quebra de sigilo, porque não é comum que se divulgue salários de empregados. Não lembro dele ter divulgado salários dos jogadores quando era presidente. Eu até acho que se quebra uma ética que há entre clubes, jogadores e empresários”, completou o presidente.

Ambiente bom na véspera de um jogo decisivo

Polêmicas à parte, Malucelli fez questão de deixar claro que o ambiente dentro do Atlético é o melhor possível. O presidente convocou a torcida a lotar a Arena da Baixada no jogo decisivo deste domingo, contra o Ceará, a partir das 16h, na Arena da Baixada.

“Nós estamos há dias conclamando a torcida, motivando os jogadores para esta partida contra o Ceará. Nós precisamos ganhar de qualquer maneira. Essa semana foi boa, produtiva, estamos com praticamente todos os jogadores à disposição do Lopes. Com relação ao plantel, aos treinos, não estamos com nenhum problema”, afirmou.