Após a derrota por 2 a 1 para o América, que complicou de vez a situação do Atlético no Campeonato Brasileiro, o técnico Antônio Lopes apontou a ansiedade dos jogadores como fator decisivo para o revés no Parque dos Sabiás, em Uberlândia.

“Acho que a ansiedade atrapalhou o nosso time. Criamos as oportunidades, mas erramos muitas finalizações”, afirmou o comandante rubro-negro.”Não tem decepção nenhuma, temos que continuar lutando. Agora não dependemos só da gente mais. Precisamos vencer o Coritiba, mas depender de outros resultados é sempre ruim”, completou o treinador.

Para permanecer na primeira divisão, o Atlético precisa vencer o rival Coritiba, na Arena da Baixada, e ainda torcer por derrota do Cruzeiro (enfrenta o rival Atlético-MG) e empate ou derrota do Ceará (joga fora de casa contra o Bahia).”A gente precisa ganhar independente da situação do Coritiba, de estar brigando por Libertadores. É o único resultado que nos mantém na Série A”, disse Lopes.

Por fim, o treinador revelou o tom da conversa que teve com os jogadores após a partida deste domingo.”Não podemos nos abater mesmo dependendo dos outros. Temos que levantar a cabeça e buscarmos o nosso resultado. Aí ficamos na expectativa dos outros times que estão lutando contra nós”, afirmou.