As sete mudanças que o técnico Juan Carrasco promove na equipe do Atlético para o jogo contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, não vão alterar a maneira de jogar da equipe rubro-negra. Pelo menos é o que garantiu o próprio treinador, após o coletivo da manhã desta terça-feira, no CT do Caju.

“Podemos trocar jogadores, mas a filosofia de jogo é sempre a mesma. Temos um plantel grande e é muito bom para olhar os jogadores”, afirmou Carrasco. “Gostamos de jogar para frente, mas sem descuidar atrás. Os jogadores estão acostumados a jogar assim. Estamos consciente de que se fizermos um gol, eles terão que fazer três. Jogaremos como se a primeira partida fosse zero a zero”, completou o treinador.

A vantagem a qual Carrasco se refere é pelo Atlético ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, na Vila Capanema, e agora poder se classificar empatando ou até perdendo por um gol de diferença, desde que marque um gol na casa do adversário. A partida contra a Raposa será nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré.