O volante Renan Teixeira entrou no segundo tempo da partida de ontem, contra o Joinville, e ajudou o Atlético a vencer o time catarinense pelo placar de 4 a 1. Foi dele o quarto gol rubro-negro, o primeiro dele com a camisa do Furacão. Após o jogo, o primeiro da Série B, o atleta falou sobre a metodologia do técnico Juan Carrasco, que costuma mudar bastante a equipe titular a cada partida.

“Sabemos que esse é o estilo do Carrasco. O grupo já se adaptou a isso. Não tem jogador que faz cara feia. Tem que estar pronto para jogar sempre. Já fui titular, já fui reserva, já saí no intervalo e hoje (ontem) entrei no segundo tempo e fiz gol. O jogador tem que estar pronto sempre, independente de ser ou não titular”, afirmou o volante.

O fato do Atlético ser considerado um dos favoritos da Série B deste ano não afeta o desempenho do elenco rubro-negro, na opinião de Renan.”Esse rótulo de favorito trará uma pressão muito grande, mas nós temos a cabeça no lugar para lidar com isso. Temos um grupo qualificado, com jogadores que entram e decidem”, finalizou.

De volta a Curitiba

O grupo atleticano já está em Curitiba, e a partir de amanhã, começa a se preparar para o duelo do meio de semana, contra o Palmeiras, pelas quartas de final da Copa do Brasil.