Ouça o áudio

Depois de apenas dois jogos sob comando do técnico Ricardo Drubscky, o Atlético sinaliza com a possibilidade de já mudar o treinador da equipe. A bola da vez dentro do clube é Jorginho, campeão brasileiro da Série B em 2011 pela Portuguesa, e que já havia sido procurado pelo Rubro-Negro após a saída de Juan Carrasco.

Em entrevista à rádio Banda B, próprio treinador admitiu que está negociando com o Atlético. “Negociar é difícil, pode dar certo como pode dar errado. Ainda não tem nada definido e o que eu quero é o que for melhor para o Atlético”, afirmou o treinador, que inclusive já teria apontado a contratação de reforços. “Não dá para deixar o acesso nas costas do Paulo Baier. A Série B é muito difícil, tem que unir juventude e experiência”, completou.

Jorginho disse, no entanto, que não vai assinar com o Atlético enquanto Ricardo Drubscky estiver no clube. “Até onde eu sei, o Atlético não tem mais treinador, por isso eu estou falando sobre essa negociação. Mas se o Ricardo ainda estiver lá, então pode desconsiderar tudo que eu falei, porque o Ricardo é uma pessoas que eu gosto e respeito muito”, explicou.

Além disso, o treinador negou que tenha pedido a saída do diretor de futebol, Sandro Orlandelli, para que pudesse comandar a equipe rubro-negra. “Isso não é verdade. Eu conheço o Orlandelli dos tempos de Palmeiras e eu não tenho e nem nunca tive problema com ele”, finalizou Jorginho.

Caso seja confirmada a contratação de Jorginho, a tendência é que Ricardo Drubscky vire treinador do time Sub-23 do Atlético. Há possibilidade ainda do diretor de futebol, Sandro Orlandelli, deixar o Furacão nas próximas horas. A diretoria rubro-negra ainda não confirmou nenhuma dessas mudanças no departamento de futebol do clube.