Lá se foram dois meses desde o último jogo do meia Paulo Baier com a camisa rubro-negra. Com sucessivas lesões na coxa, o jogador enfim foi liberado para treinar com o restante do elenco do Atlético, na manhã desta terça-feira, e falou um pouco sobre este período afastado dos gramados por conta desses problemas musculares.

Divulgação
Paulo Baier volta a treinar normalmente

“Na realidade, eu senti três vezes a mesma lesão. Toda vez que eu estava pra voltar, eu sentia de novo. Dessa última vez a gente decidiu ter um tempo maior para recuperar bem. Foi tudo no mesmo lugar, duas lesões no mesmo local. A primeira foi bem grave, a outra já nem tanto. Então fiquei esses dois meses em recuperação, mas agora graças a Deus e está tudo bem”, disse o jogador.

Paulo Baier revelou certa agonia por ter passado tanto tempo no departamento médico, enquanto o Atlético vive uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, lutando contra o rebaixamento.”São praticamente dois meses fora. Logo eu que gosto de treinar, de jogar, pra mim é um agonia muito grande. Mas agora eu estou recuperado 100% e à disposição para ajudar”, completou.

O meia vai seguir treinando normalmente com o elenco rubro-negro no decorrer da semana, e caso não sinta novamente dores na coxa, pode até reunir condições de enfrentar o Figueirense, no próximo domingo, a partir das 16h, na Arena da Baixada.”Se eu não sentir nada, já posso estar à disposição no final de semana”, resumiu Paulo Baier.

Além de Paulo Baier, os atacantes Nieto e Santiago García já estão treinando com o grupo atleticano e podem pintar como novidades na partida deste fim de semana.