Apesar do empate em 1 a 1 com o vice-líder Corinthians, na Arena da Baixada, o meia Marcinho elogiou a atuação da equipe rubro-negra na tarde deste sábado. Além disso, o jogador exaltou a força do Timão, um time que vem brigando pelo título do Campeonato Brasileiro.

“Se você olhar a partida, a gente teve oportunidade de ampliar o placar, mas não conseguimos. O Corinthians é uma grande equipe, tá brigando pelo título. Não podíamos ter deixado escapar a vitória, mas somamos um ponto importante. Mais uma vez mostramos a força do Atlético”, afirmou o jogador, que substituído no segundo tempo, disse não guardar mágoas do técnico Renato Gaúcho. “Não saí porque estava cansado, foi opção do Renato”, completou.

Para Marcinho, faltou um pouco mais de capricho nas finalizações e também povoar mais a área corinthiana, já que muitas vezes ele chegava até a linha de fundo e não tinha para quem cruzar. “Eu fui feliz em algumas jogadas de linha de fundo, mas não podia cruzar pro Madson na área. Mas isso o Renato vai corrigindo ao longo dos treinamentos. Mas nossa equipe brigou, criamos jogadas bem trabalhadas e estamos de parabéns mais uma vez. Estamos no caminho certo”, disse.

Por fim, o atleta exaltou a evolução do Atlético nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. “O Atlético evoluiu, até mesmo com a chegada do Renato, que exige e cobra, mas nos passa tranquilidade e confiança. O grupo tá entendendo o que ele quer e o efeito está sendo visto dentro de campo, com bons resultados”, disse Marcinho, projetando mais um grande jogo no próximo domingo, contra o São Paulo, no Morumbi.

Antes de enfrentar o Tricolor Paulista, o Atlético joga contra o Flamengo na quarta-feira, no Engenhão, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. A tendência é que o Furacão vá para o Rio de Janeiro com um time reserva, para manter o foco na luta contra o rebaixamento no Brasileirão.