Precisando dos três pontos para dar mais um passo na luta contra o rebaixamento, o Atlético deve enfrentar o Corinthians com três atacantes, uma formação bastante ofensiva, mesmo que o jogo seja realizado no Pacaembu, diante do líder do Campeonato Brasileiro.

“Estou treinando com o Wendel no meio para ter dois volantes pegadores, de marcação (Wendel e Deivid) para poder jogar com três atacantes. Pretendo jogar assim, mas vamos ver como vai ser no decorrer da semana. Minha ideia é utilizar o Marcinho, o Guerrón e o Nieto lá na frente”, afirmou o comandante rubro-negro.

Apesar de revelar a preferência pelo esquema 4-3-3, Lopes disse que ainda vai testar outra formação com a equipe para ter alternativas no decorrer da partida.”Mas ainda vou testar uma outra formação, igual fiz na semana passada. Assim vou ter duas maneiras de jogar para decidir como vamos começar jogando”, completou Antônio Lopes.

Por fim, o treinador demonstrou confiança em uma vitória atleticana diante do líder do campeonato. “Temos condições de enfrentar o Corinthians de igual pra igual”, disse Lopes, que deve mandar a campo a seguinte formação: Renan Rocha; Wagner Diniz, Manoel (Fabrício), Gustavo e Héracles; Deivid, Wendel e Paulo Baier; Marcinho (Cléber Santana), Nieto e Guerrón.