Ao perder para o já rebaixado América por 2 a 1, o Atlético desperdiçou uma grande oportunidade de deixar a zona de rebaixamento na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Agora o Furacão não depende mais de si, e precisa vencer o rival Coritiba, e ainda torcer por tropeços de Ceará e Cruzeiro para permanecer na Série A.

O Ceará vai até Pituaçu enfrentar o Bahia, enquanto o Cruzeiro recebe o rival Atlético-MG, em Sete Lagoas. Para o técnico Antônio Lopes, derrota da Raposa e derrota ou empate do Vovô são resultados possíveis de acontecer. Se esses dois tropeços acontecerem e o Furacão vencer o Coritiba, o Rubro-Negro pula para a 16ª colocação e escapa do rebaixamento na última rodada.

“Esses resultados que nós dependemos, do Ceará e do Cruzeiro, são possíveis de acontecer. O Bahia joga em casa, ali até um empate está bom pra gente. O Atlético e o Cruzeiro jogam em campo neutro, e o Galo subiu de produção e tem condições de ganhar do Cruzeiro. São dois resultados possíveis, mas a gente tem que fazer a nossa parte e vencer o Coritiba”, afirmou Antônio Lopes.

Ao longo da semana, o treinador vem realizando treinamentos secretos no CT do Caju, e promete manter o mistério em torno da escalação do Atlético até momentos antes do início do Atletiba.