Após o empate desta noite em 1 a 1 com o Joinville, no estádio Gigante do Itiberê, o técnico Ricardo Drubscky lamentou a perda de dois pontos em casa para um adversário direto na luta pelo acesso (o time catarinense é o 3º colocado, com quatro pontos a mais que o Furacão).

“Lamentamos os dois pontos não conquistados. Se tinha uma equipe que merecia vencer era o Atlético. Não fizemos um baita jogo, mas estivemos sempre no controle”, disse o treinador rubro-negro. “Nosso time está mostrando qualidade e vamos buscar as vitórias nos próximos jogos”, completou.

Drubscky aproveitou para comentar o lance mais polêmico da partida. Aos 25 minutos, o árbitro Francisco Carlos Nascimento marcou um pênalti de Manoel em Lima. Porém, ao conversar com a bandeirinha do jogo, ele voltou atrás na marcação, apontando apenas uma falta para o Joinville na meia-lua, quase na entrada da área.

“Ele fez o que um grande árbitro tem que fazer, reconhecer um erro e voltar atrás. Foi fora da área e o árbitro fez o certo”, afirmou.”Depois desse lance, a partida ficou muito confusa. O emocional atrapalhou a nossa equipe e aí não conseguimos encaixar bem as jogadas. Mesmo assim, criamos, só que infelizmente não fizemos o gol da vitória”, finalizou Drubscky.