Após a derrota deste sábado por 1 a 0 para o Vitória, o técnico Jorginho agradeceu o apoio recebido das arquibancadas do Gigante do Itiberê, mas criticou uma pequena parcela da torcida rubro-negra que, segundo o treinador, vai ao estádio apenas para atrapalhar a equipe e não para incentivar como o restante dos torcedores.

“O time teve oportunidades, criou, mas não foi feliz. Quem perde sou eu, os atletas só ganham. Um atleta nosso perdeu um gol e foi vaiado pela torcida, mas isso já aconteceu com outros jogadores que passaram por aqui”, afirmou o treinador, saindo em defesa do atacante Marcelo, que hoje desperdiçou duas oportunidades claras de balançar as redes do Vitória.

Formado nas categorias de base do Furacão e ainda jovem, Jorginho pediu que a torcida tenha paciência com Marcelo. “O Marcelo é patrimônio do clube e temos que ter paciência com ele, até porque ele é um garoto. Agradeço a Fanáticos pelo apoio no jogo inteiro, porque hoje foi uma pequena parcela que vem aqui não para torcer pelo Atlético, mas apenas para criticar esses garotos”, completou.

Por fim, o treinador falou sobre o impacto que a derrota causa na caminhada do Atlético em busca do retorno à Série A.”Não adianta a gente achar que vai sair do buraco tão rápido assim, ainda estamos formando a nossa equipe e aos poucos vamos nos encontrar no campeonato”, finalizou Jorginho.