Por Esporte Banda B 

Quadra montada na Arena da Baixada para o "Desafio de Ouro". (Divulgação/CBV_

Quadra montada na Arena da Baixada para o “Desafio de Ouro”. (Divulgação/CBV_

O Brasil fará seu primeiro jogo depois da conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. O amistoso, denominado “Desafio do Ouro”, será contra o Portugal neste sábado (04), às 16h, na Arena da Baixada. Além da comemoração pelo tricampeonato olímpica, a partida marcará a despedida do líbero Serginho, de 40 anos, que se aposenta da seleção.

Todos os 12 convocados estarão na partida, mas não é todo mundo que estará 100% fisicamente. Durante a Olimpíada, Lucão, Maurício Souza, Lipe e Lucarelli tiveram problemas de contusão, mas todos foram confirmados pela comissão técnica para o amistoso.

O diretor executivo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Ricardo Trade, destacou a oportunidade de realizar o jogo comemorativo em estádios de futebol. “Teremos um espetáculo em quadra, com a equipe que recentemente ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, e outro espetáculo nas arquibancadas lotadas, com estádios projetados para futebol recebendo partidas de vôlei. E aqueles que querem ver mais de perto também podem assistir das cadeiras de pista, bem perto da quadra de jogo. O vôlei é um esporte para a família, e é com este conceito que sempre trabalhamos e fazemos agora novamente neste Desafio de Ouro”, comentou

Já os portugueses usaram os amistosos como preparação para o classificatório como o Campeonato Europeu. “Esse convite é muito importante, pois vamos enfrentar a equipe mais forte do mundo diante de um grande número de pessoas. Essa partida vai dar ritmo de jogo para os nossos jogadores e vamos nos preparar da melhor maneira possível para o classificatório do Campeonato Europeu”, afirmou o técnico Chico dos Santos, que é brasileiro e fez parte da comissão técnica em Atenas 2004.

As duas seleções voltam se encontrar no domingo (05), às 10h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.