Por Esporte Banda B

Lucho marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra (Divulgação/Atlético)

A classificação do Atlético sobre o Deportivo Capiatá, conquistada na noite desta quarta-feira (22), no Paraguai, teve um gostinho mais que especial para o jogador mais experiente do elenco em Libertadores. Em sua sexta participação na competição, o argentino Lucho González marcou o seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, dando ao clube a vitória diante dos paraguaios e a vaga na fase de grupos do torneio. Tendo conquistado o título uma vez pelo River Plate, o jogador celebrou a noite especial vivida em Capiatá.

Apesar da experiência e de ter passado por fases diferentes, esta foi uma coisa nova para mim. Sabíamos que era um grande desafio e um objetivo do Atlético. Acredito que fizemos tudo certo para conseguir esta classificação”, disse Lucho em entrevista ao site oficial do Furacão.

Em seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, Lucho González priorizou por destacar e defender os méritos coletivos do Atlético. “Marcar é bom demais para qualquer jogador. Mas o mais importante, que eu sempre falo quando tenho a possibilidade de fazer um gol, é ressaltar o time. Acredito que fizemos um grande jogo, bem concentrados. Lutamos quando tivemos que lutar. Marcamos um gol e tivemos chances de ampliar o marcador”, explicou. “O Paulo [André] ajeitou o cruzamento do Nikão no primeiro poste e a bola caiu no segundo. Muitas vezes, treinamos estes movimentos, trabalhamos”, concluiu.

Com a vitória sobre o Deportivo Capiatá, o Atlético ingressou no Grupo 4 da Libertadores, considerado por muitos o ‘grupo da morte’ da competição, com Flamengo, San Lorenzo-ARG e Universidad Católica-CHI.

Sabemos que será difícil. Temos adversários que são grandes times, com grane história também no torneio. Mas nós precisamos seguir com o trabalho e ser fortes, sobretudo em casa. Sabemos que em casa podemos fazer a diferença. É isso o que vamos tentar fazer”, destacou Lucho González. “Vamos entrar em uma fase de grupos, mas já disputando a competição. Isso pode ser benéfico e nós temos que tentar tirar proveito disso”, completou.

O Atlético estreia na fase de grupos da competição contra o Universidad Católica, do Chile, no próximo dia 7, às 21h, na Arena da Baixada.